Por que investir em Publicidade Nativa? Entenda!

BUY CUSTOM ESSAYS
14 de setembro de 2016
ebook-publicidade-nativa
E-book Gratuito – Guia Completo Sobre Publicidade Nativa
20 de setembro de 2016

44%, essa foi a taxa de cliques de um dos primeiros banners publicados na internet. Um número tão diferente dos atuais menos de 1%, que muita gente até acha que essa história seja mentira. Mas, se por um lado hoje os banners já não rendem tanto quanto antes, investir em publicidade nativa (aquela produzida como ou junto com o conteúdo padrão) tem se mostrado ser algo cada vez mais lucrativo para as marcas. Quer saber o motivo? Então, continue a leitura!

 

Uma saída (bacana) contra os AdBlocks

Até o começo de 2010, segundo os dados do statista, apenas 10 milhões de usuários em toda a internet usavam algum sistema de AdBlock, responsável por — como diz o nome — bloquear anúncios nos sites.

Só que esse número foi aumentando, aumentando, aumentando e, de repente, em 2015, a Apple resolveu colocar esse sistema como sendo nativo dos novos iPhones e fez com que a quantidade de AdBlocks em uso chegasse a quase 200 milhões! Um pesadelo para muitos produtores de conteúdo, principalmente, para aqueles que não contam com publicidade nativa, aquela que não é barrada por esses programinhas.

Sim, isso mesmo, a publicidade nativa, como vem em forma de conteúdo — e não em um banner cercado de scripts que podem ser barrados — não é detectada pelos AdBlocks e, por isso, tem sido vista como uma excelente saída por blogueiros e produtores de vídeo.

 

Publicidade como conteúdo

Segundo uma pesquisa realizada pela IPG media lab, ao contrário do que acontece com os banners, a publicidade nativa é vista por quase o mesmo número de usuários que leem e assistem os posts e vídeos tradicionais dos blogs e vlogs. E o motivo disso é bem simples: publicidade nativa, para eles, é conteúdo.

Tanto que até mesmo na hora de compartilhar nas redes sociais, de acordo com a mesma pesquisa, a publicidade nativa tem 32% de chance de ser espalhada por aí como conteúdo — contra 19% de uma publicidade padrão. Ou seja, tem uma performance maior!

 

Marketing não intrusivo

Um dos fatores que levou ao boom de usuários de AdBlocks foram os formatos cada vez mais intrusivos das publicidades on-line. São pop-ups que ocupam a tela inteira (e somem com o botão de fechar), banners com efeitos sonoros e até vídeos que abrem automaticamente e consomem uma parte da nossa já mirrada banda de 3G.

Ou seja, uma série de formatos que mais afugentam os visitantes do que atraem cliques. Daí, quem aposta na publicidade nativa ainda ganha pontos com isso, já que ela não afetará negativamente na experiência da sua audiência.

 

Performance: um ótimo motivo para você investir em publicidade nativa

Outro dia mesmo fizemos um post bastante completo falando sobre a importância do Page speed para o ranqueamento do seu site no Google. Algo que também tem tudo a ver com publicidade nativa.

O que acontece é o seguinte: na maioria dos casos, os scripts que ficam por trás dos banners acabam puxando o desempenho das suas páginas para baixo. E aí, quanto mais sistemas de venda de publicidade ou afiliados você tiver no seu site, mais scripts terão por ali e mais tempo levará para que o usuário consiga carregar tudo.

Logo, investir em publicidade nativa também é uma excelente maneira de reduzir o tempo de carregamento das suas telas e, de novo, poupar o consumo de internet da sua audiência com scripts e banners que podem não ter nada a ver com ele.

Como você pôde ver por aqui, o que não faltam são motivos para você investir em publicidade nativa agora mesmo! E como uma taxa de clique de 44% já não existe por aí há, pelo menos, uns 20 anos, nada melhor do que começar a pensar o quanto antes em um formato de divulgação mais interessante, certo?

Curtiu o nosso conteúdo? Então conte para gente aqui nos comentários o que você achou e aproveite para tirar suas dúvidas sobre publicidade nativa.

 

Baixe o ebook guia completo sobre publicidade nativa

Victor Freitas
Marketing e Growth da YContent.com.br