Entenda a importância da publicidade nativa em vídeos

Entenda o ROI e por que a publicidade nativa vale a pena
9 de fevereiro de 2017
Veja como criar anúncios relevantes para os negócios
16 de fevereiro de 2017

Entenda a importância da publicidade nativa em vídeos

ebook-publicidade-nativa

A publicidade nativa vem conquistando cada vez mais espaço entre marcas e empresas. Afinal, é um formato que se integra à plataforma onde é inserida, evitando os padrões mais intrusivos de divulgação — que costumam afastar o público.

Nos últimos anos, o acesso do público aos vídeos cresceu exponencialmente, fazendo com que o modelo nativo se tornasse uma forma eficaz de atrair a atenção e ainda agradar a experiência dos consumidores.

Com o intuito de demonstrar importância da publicidade nativa em vídeos e como sua marca pode se beneficiar do modelo para atrair clientes e aumentar as vendas, elaboramos esse artigo, prático e objetivo, respondendo as principais perguntas sobre o tema. Vamos lá?

Como usar a publicidade nativa em vídeos?

As pessoas, quando conectadas, estão em busca de conteúdo. Interessante, relevante, engraçado, informativo… o fato é que precisa ser algo que valha o clique e o tempo despendido (incluindo aí a franquia de consumo da internet). Muitas delas já não estão mais propensas a receber um bombardeio de propagandas diretas a todo momento. Por isso, um vídeo precisa ser atraente e agregar valores.

É aí que entra em cena a publicidade nativa em vídeos. O conteúdo audiovisual passou a ser um dos itens essenciais para estratégias de comunicação e marketing. E entre os principais motivos está: um vídeo tem uma capacidade bem maior do que um texto ou e-book para engajar.

Não é à toa que muitos sites e plataformas adotam esse formato para integrar suas formas de anúncio. Native advertising (termo em inglês), costuma ter uma performance superior a campanhas de vídeo tradicionais e, até mesmo, aquelas no estilo pre-roll (quando a pessoa pode, depois de alguns segundos, pular o anúncio). Estes dados foram levantados por uma pesquisa da Sharethrough e Nielsen.

Aliás, o pre-roll, de acordo com a mesma fonte, pode acabar gerando mais chances de uma visão negativa sobre a marca.

O importante é que seu anúncio esteja focado em oferecer conteúdo, e não uma lista de benefícios do seu produto ou serviço (como numa propaganda tradicional de pasta de dentes, por exemplo). Ao focarmos no contexto e no seu público, é possível produzir vídeos que gerem interesse genuíno, em que o público não perceba esse marketing como “apenas mais um comercial”.

Por que essa é uma prática eficiente para atrair clientes?

As pessoas possuem interesses e necessidades. Uma das maiores sacadas do marketing digital foi perceber que vale mais a pena oferecer conteúdo relevante, para que elas venham até você, do que apenas insistir em colocar anúncios de venda.

É por isso que tantas empresas vêm adotando estratégias cada vez mais elaboradas nos seus sites, blogs e redes sociais: para trabalhar o interesse do seu público-alvo, receber vistas e agregar reconhecimento de mercado.

publicidade nativa surge, então, como uma forma de integrar esses esforços com a necessidade da promoção de uma empresa, marca, serviço ou produto: ao obedecer o formato do espaço onde está inserida e se colocar como parte integrante da página, ela consegue atrair pela eficiência da sua chamada e pela qualidade do seu conteúdo.

Se somarmos a capacidade do conteúdo audiovisual para estabelecer ou fortalecer a relação entre marca e público, teremos em mãos uma ótima oportunidade de trazer até a sua empresa pessoas que se encantaram — não apenas com os benefícios claros da solução do negócio, mas, também, na sua preocupação com o formato de divulgação.

Quer um exemplo? Assista ao vídeo da Microsoft Child of the 90’s (Criança dos Anos 90). Através de uma forte composição de imagens e com um texto simples e cativante, eles conseguem fazer com que toda uma geração possa se lembrar de itens simples e emblemáticos da sua infância – Tamagochis, correntes nas cinturas, conexão discada.

Ao final, ainda elaboraram relação com um CTA (Call to Action), que também remete a esse mesmo grupo: testar o novo Internet Explorer – o primeiro navegador da maioria dessa época.

Outro benefício em favor dos vídeos nativos é a capacidade de atender tanto aos usuários de desktop e laptop, quanto os de dispositivos móveis (smartphones e tablets).

Quais os métodos mais efetivos para se fazer esse tipo de publicidade?

Para que você possa começar a planejar sua campanha de publicidade nativa em vídeo, separamos os 4 métodos mais efetivos. São eles:

1. Seja natural

Pode parecer estranho apontar isso como método, mas faz todo sentido quando pensamos nos vídeos nativos — os quais evitam a intrusão. Por isso, é preciso que a parte do áudio e do vídeo sejam claras, simples e que busquem tocar o leitor: mais do que apenas informá-lo ou convencê-lo.

2. Mantenha o foco na persona

As personas são entidades semifictíticas essenciais para o planejamento de campanhas de marketing digital. São perfis de clientes ideais, mostrando hábitos, necessidades e desejos. Ao criá-las, não deixe de buscar o que seria ideal para a construção do conteúdo.

3. Crie um CTA de impacto

Como você pode ver no vídeo da Microsoft, os últimos segundos foram dedicados a fazer um pedido: RECONNECT WITH THE NEW INTERNET EXPLORER (RECONECTE-SE COM O NOVO INTERNET EXPLORER). Caixa alta, bom contraste entre cor de fundo e fonte, letras bem grandes.

Após criar um laço junto ao seu público, que provavelmente já usou o navegador da década de 1990, ele termina com um pedido, inclusive numa breve animação de integração às imagens do Windows 10, sistema operacional bastante popular. Uma ótima forma de despertar curiosidade em usuários.

4. Atente-se às diferentes plataformas

Como falamos, lembre-se na hora de fazer o seu vídeo que: Tanto as pessoas com telas grandes, quanto aquelas usam o celular, precisam ter acesso ao conteúdo. Aqui é hora de deixar de lado miudezas, investir em impacto através de cores, layout e áudio. Procure fazer com que todos (sem exceção) tenham a melhor experiência possível com o conteúdo oferecido.

E então, leitor? Agora que você já entendeu a importância da publicidade nativa em vídeos, não deixe de considerá-la nas suas próximas campanhas e aproveite os resultados! Se ainda ficou com alguma dúvida, quer dividir links de outros vídeos ou quer falar com a nossa equipe, deixe sua mensagem nos comentários. Queremos saber o que você pensa sobre esse assunto!